Menu Principal

fecha o menu
Experiências exitosas de farmacêuticos no SUS

Notícias do CFF

Presidente do CFF defende mais farmacêuticos pela saúde da população

Data: 29/11/2018

O seminário “Reflexões Sobre a Judicialização da Saúde: Um Diálogo Interinstitucional”, realizado nos dias 29 e 30 de novembro, na sede do CNMP, foi o cenário de um encontro importante para a profissão farmacêutica e para os usuários de serviços de saúde. O presidente do Conselho Federal de Farmácia (CFF), Walter Jorge João, foi recebido pelo desembargador federal do TRF4, Dr. João Pedro Gebran Neto. Em pauta, entre outros temas, o programa Mais Médicos. 

Walter Jorge João expôs, ao desembargador, argumentos em favor de um melhor aproveitamento da força de trabalho dos farmacêuticos na garantia ao atendimento de parte das demandas da população mais carente de acesso aos serviços de saúde públicos. “Os farmacêuticos estão subutilizados e poderiam contribuir muito mais”, defendeu o presidente do CFF.

Durante o encontro, Walter Jorge João entregou ao Dr. João Pedro Gebran Neto, a “Cartilha de Apoio Técnico dos Farmacêuticos na diminuição e/ou qualificação das demandas judiciais”, elaborada pelo CFF como ferramenta para auxiliar no acesso ao direito constitucional à saúde. E aproveitou para agradecer ao desembargador pela manifestação de seu reconhecimento aos farmacêuticos como profissionais essenciais à provisão de serviços nessa área.

O presidente do CFF esteve acompanhado dos membros do GT de Farmacêuticos no Sistema de Justiça do Conselho Federal de Farmácia (CFF), Marttha Franco Ramos, Carlos Sena e Everton Borges. 

Palestra

Na sexta-feira (30), o farmacêutico Everton Borges, representando o CFF, apresentou a palestra "assistência farmacêutica no Sistema Único de Saúde (SUS) e demandas judiciais de medicamentos". Na ocasião, destacou as principais vertentes que abrangem o trabalho do farmacêutico no Sistema de saúde e sistema de Justiça.

“É uma oportunidade de apresentarmos nossas principais demandas relacionadas com a judicialização da saúde como a falta de farmacêuticos nas farmácias públicas, a diferença entre dispensação e entrega de medicamentos, a necessidade da constituição de comissões de farmácia terapêutica, a elaboração de relações municipais de medicamentos adequadas às necessidades de cada município, além da participação de farmacêuticos nos grupos de apoio técnico dentro dos tribunais de justiça, dentro das defensorias públicas e do próprio ministério público”, destacou Everton Borges.

Para ele, o espaço nesse evento é mais uma conquista do CFF. “O presidente Walter teve uma visão acertiva ao instituir o Grupo de Trabalho de Farmacêuticos no Sistema de Justiça, que vêm atuando fortemente para garantir a presença do farmacêutico nos dois sistemas: o de saúde e o de justiça”.

Fonte: Comunicação do CFF

Fotos Relacionadas

TV CFF















Newsletter

Cadastre-se em nossa newsletter para receber notícias direto no seu e-mail



Copyright © 2008 Conselho Federal de Farmácia - CFF. Todos os direitos reservados.

SHIS QI 15 Lote L - Lago Sul / Brasília - DF - Brasil - CEP: 71635-615

Localização

Fone: (61) 3878-8700