Menu Principal

fecha o menu
Experiências exitosas de farmacêuticos no SUS

Notícias do CFF

"Entrevista Farmacêutica" fala dos cuidados no uso de medicamentos pelo idoso

Data: 29/03/2019

expectativa de vida aumentou, no mundo, e a população está envelhecendo. Esta realidade demográfica criou um novo contexto na saúde. O envelhecimento tem relação com o surgimento ou o recrudescimento de doenças crônicas e degenerativas, como o diabetes e a hipertensão. Os medicamentos possuem papel preponderante no tratamento desses problemas de saúde. Mas isso acaba predispondo o idoso a consumir mais medicamentos prescritos e não prescritos. Oitenta por cento dos idosos fazem uso diário de algum tipo de fármaco, o que significa que mais de um quarto dos medicamentos é prescrito para pessoas dessa faixa etária. Ressalte-se que o uso simultâneo de vários tipos de medicamentos – polifarmácia – faz aumentar o risco de interações e intoxicações.

No envelhecimento, há profundas mudanças fisiológicas, a exemplo da redução das funções renal e hepática que podem gerar alterações na farmacocinética e na farmacodinâmica de alguns medicamentos. Somem-se às mudanças o surgimento de doenças e as dificuldades cognitivas. Este fenômeno leva o idoso a tornar-se mais vulnerável às reações adversas aos fármacos, por exemplo, além de outros problemas.

O cuidado, portanto, deve ser grande. Os serviços farmacêuticos são estratégicos para prevenir e combatê-los. Os farmacêuticos dispõem de um conjunto de estratégias neste sentido. Os cuidados no uso de medicamentos pelo idoso são o tema da “Entrevista Farmacêutica” da quarta-feira (03.04.19).

A ENTREVISTADA – Para falar sobre o tema, convidamos a DRA. LINDOMAR DE FARIAS BELÉM. Ela é farmacêutica industrial formada pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), mesma instituição onde cursou mestrado em Fitopatologia e doutorado em Farmacologia de Produtos Naturais. DRA. LINDOMAR DE FARIAS tem, ainda, especialização em Farmácia Clínica e em Comunicação Educacional. É professora associada 2 da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), onde ensina Farmacoepidemiologia e Estágio em Medicamentos no curso de Farmácia. Também, coordena o consultório farmacêutico para atendimento a pessoas da terceira idade que estudam na UAMA (Universidade Aberta à Maturidade), ligada à UEPB.

A “Entrevista Farmacêutica” vai ao ar, na quarta-feira, ao vivo e simultaneamente, pela "Rádio Nacional de Brasília (AM 980 KHz), ancorada pelo jornalista Luciano Barroso, e pela  “Rádio Nacional do Rio de Janeiro” (1.130 KHz AM), tendo à frente o jornalista Cézar Faciolli. Ambas as emissoras pertencem à estatal EBC (Empresa Brasil de Comunicação). A entrevista é veiculada dentro do programa “Tarde Nacional”. Da sucursal da “Nacional”, em São Paulo, o jornalista Anchieta Filho, também, participa da entrevista.

Esta entrevista será editada e veiculada, também, por uma rede formada por 2.205 emissoras de rádio localizadas, em todo o Brasil e, também, nos Estados Unidos (Flórida e Connecticut), Argentina, Uruguai, Paraguai e Guiana. A rede é liderada pela “Agência Radioweb”.

Esforço conjunto do Conselho Federal de Farmácia (CFF) e da "Rádio Nacional de Brasília"/EBC, com o objetivo de levar à população informações em saúde, com um sentido de utilidade pública, a  “Entrevista Farmacêutica” é idealizada e produzida pelo jornalista Aloísio Brandão, do CFF.

Para ouvi-la, ao vivo, pela internet, acesse a página da EBC. Depois de aberta a página, clique nos links para a "Rádio Nacional de Brasília” (AM 980KHz) e “Rádio Nacional do Rio de Janeiro” (1.130 AM). Para ter acesso às entrevistas gravadas, entre na página do CFF (www.cff.org.br) e acesse o link para a Entrevista Farmacêutica”.

Por Aloísio Brandão, jornalista do CFF.

Fotos Relacionadas

TV CFF















Newsletter

Cadastre-se em nossa newsletter para receber notícias direto no seu e-mail



Copyright © 2008 Conselho Federal de Farmácia - CFF. Todos os direitos reservados.

SHIS QI 15 Lote L - Lago Sul / Brasília - DF - Brasil - CEP: 71635-615

Localização

Fone: (61) 3878-8700